domingo, 28 de abril de 2013

Problemas com a prótese dentária? Saiba o que fazer


Problemas com a prótese dentária
A colocação de próteses dentárias não tem que ser isenta de problemas, aliás eles acontecem e você deve estar preparado para saber o que fazer se lhe acontecer a si algo do que descreveremos de seguida. Neste artigo daremos algumas dicas para que você saiba lidar com possíveis problemas que possam surgir com a sua prótese.

Compilamos aqui os problemas mais frequentes que você poderá encontrar durante o uso da sua prótese e as possíveis soluções (clique nos links para ir direto para a solução):

“Sinto de dor e desconforto”

É possível que nos primeiros dias de utilização da sua prótese dentária, que você sinta desconforto e possivelmente alguma dor. Este sintoma é particularmente frequente em quem usa prótese removível como a dentadura. Devemos alertar desde já que caso sinta dores muito intensas, ou se a prótese lhe provocar ferimentos na boca, deverá dirigir-se logo que possa ao dentista. É provável que a sua prótese esteja mal concebida de tal forma que se torne impossível de a usar, assim deverá ser reajustada (se possível).
Saiba que sentir desconforto e dores ligeiras é perfeitamente normal e acontece porque o seu corpo se está a tentar ajustar a esse “corpo estranho” que acabou de colocar. Mantenha a sua prótese colocada no seu lugar pelo maior período de tempo possível e apenas retire temporariamente para aliviar a dor (se sentir alguma). Com o tempo essas duas sensações irão desaparecer e você acostumar-se-á à sua prótese. Se piorar, deve como sugerido anteriormente, dirigir-se ao dentista.

“Tenho dificuldades na fala”

Um dos problemas mais frequentes que as pessoas que usam prótese dentária enfrentam, é a dificuldade em articular as palavras e adaptar a sua fala à nova condição da sua boca – a presença da prótese dentária. Isso é perfeitamente normal, afinal a prótese pode modificar a maneira como você foneticamente produz cada palavra.
Assim, é importante que tente falar todas as palavras, não necessariamente da mesma forma, mas de modo a serem perceptíveis por quem o ouve. Insista em falar tudo, mesmo que no início a palavras soem de forma estranha, você encontrará uma forma de voltar a falar corretamente. Não se deixe abater pela frustração inicial de não conseguir pronunciar de forma acertada as palavras, com o tempo e muito treino você conseguirá.

“A minha prótese quebrou”

Quando se usa, por exemplo, uma prótese acrílica, como a dentadura, é frequente os pacientes quebrarem a sua prótese. Ou porque ela escorregou durante a higienização, ou porque simplesmente foi feita demasiada pressão na mesma durante este processo. Apesar de todos os cuidados, por vezes isso acontece.
Perante uma prótese dentária quebrada, primeiro, você não deve voltar a colocá-la, a não ser que o dano seja superficial e não haja o risco de magoar o interior da sua boca. Segundo, guarde a prótese num recipiente adequado e marque logo que possível uma consulta no seu dentista expondo antecipadamente a situação. É possível que a sua prótese tenha conserto e não seja necessário voltar a fazer uma nova. Não aplique consertos domésticos como colas e outras substâncias, pois a maioria é tóxica e será prejudicial à sua saúde. Mais, na tentativa de remediar os danos você pode inclusive danificar ainda mais a prótese tornando impossível a sua reparação. Repetimos, fale com o seu dentista e ele saberá como proceder.

“Perdi a prótese”

Embora a maior parte das pessoas tenha muito cuidado quando usa a sua prótese, pode por vezes suceder que você a perca. Claro que neste caso falamos das pessoas que usam prótese removível, por exemplo as dentaduras ou próteses parciais removíveis.
Pode parecer estranho mas é algo que acontece, basta por exemplo você retirar para escovar os dentes num local fora de casa e esquecer-se dela… Assim, nestes casos, o que tem de fazer é mesmo telefonar ao seu dentista e fazer a marcação de uma consulta, pois terá de fazer outra prótese dentária para substituir a que perdeu.

“Tenho a prótese manchada ou descolorida”

Quem usa prótese dentária acrílica por exemplo, está sujeito a que os componentes da mesma mudem de cor com o passar do tempo ou no caso de ingerir alguns tipos de alimentos. A escovagem muito forte das próteses poderá também modificar a sua coloração.
Nestes casos, fale com o seu dentista pois poderá ser possível reverter determinadas manchas que se alojem quer nos dentes postiços, quer nas partes que simulam a gengiva. Quanto à descoloração, provavelmente não haverá muito a fazer, pois o desgaste dos materiais é irreversível.
Esperamos que nesta pequena compilação dos principais problemas que pode enfrentar com a sua prótese, tenha ficado elucidado sobre o que fazer perante cada um deles. Há com certeza mais complicações que os usuários de prótese dentaria enfrentam, mas estamos convencidos de que estes serão os principais. Voltamos a sublinhar que é extremamente importante que perante alguns desses problemas, não tente aplicar consertos caseiros, poderá danificar ainda mais a sua prótese e até prejudicar a sua saúde.