quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Problemas com o aparelho dentário? Saiba o que fazer.

O tratamento ortodôntico não tem que ser isento de problemas, aliás eles acontecem. E depois, você sabe como lidar com eles? Sabe por exemplo o que fazer se um bracket do seu aparelho se solta ou quebra? Neste artigo daremos algumas dicas para que você lide com possíveis problemas que surjam durante o tempo em que estiver a usar aparelho dentário.


Assim compilamos aqui os problemas mais frequentes que você poderá encontrar durante o seu tratamento e as possíveis soluções (clique nos links para ir direto para a solução):
  • Sensação de dor e desconforto
  • Dificuldades na fala
  • Brackets partidos ou outros danos no aparelho
  • Perda do aparelho removível ou do de contenção
  • Manchas no aparelho estético ou descoloração do arco

Sensação de dor e desconforto

É perfeitamente natural que nos primeiros dias de utilização do aparelho dentário você sinta desconforto e possivelmente alguma dor. Normalmente esses sintomas desaparecem passados alguns dias e rapidamente o seu corpo se habitua a que os dentes se movam.
É bastante usual na fase inicial do tratamento ortodontico que as pessoas sintam aquilo que descrevem como ter os “dentes moles”. Além disso, os brackets do aparelho poderão causar pequenos ferimentos no interior da sua boca e poderá também sentir algum dor nos músculos que circundam a sua boca. Mas, como já afirmamos anterioremente, tudo isso passa com o tempo, assim que o seu corpo se acostumar ao aparelho.
Nesta fase é fundamental que você mantenha a calma e saiba que tudo o que está a suceder é normal e milhões de pessoas já passaram pelo mesmo. Se você usa aparelho dentário removível, não o retire! Isso só piorará tudo e os seus dentes nunca se alinharão.
Veja algumas dicas que o ajudarão a passar esta fase:
  • mantenha um dieta alimentar saudável e coma de preferência alimentos moles que não o(a) obriguem a fazer muita força durante a mastigação: puré de batata, sopas, iogurte, fruta muito madura, peixe… Nada de carnes duras, frutas verdes como maçãs, rebuçados (balas), pastilhas elásticas…
  • a comida que for ingerir deve ser cortada em pedaços mais pequenos que o habitual e mastigadas de forma lenta e suave
  • use a cera dentária, ela ajudará a prevenir que os brackets arranhem o interior da sua boca. Faça uma pequena bola com a cera e coloque sobre o bracket até cobrir as suas arestas.
  • se sentir dores nos músculos faciais, pegue um pouco de agua quente e molhe uma toalha, depois coloque a toalha molhada na zona da face que dói. Isso acalmará um pouco a dor.
  • se a dor for muito intensa use um analgésico, mas cuidado! Nunca se auto-medique sem acompanhamento médico. O analgésico de que falamos é por exemplo um medicamento para a dor de cabeça. Caso não funcione, consulte o seu médico, só ele saberá o que é mais indicado para o seu caso.

Dificuldades na fala

Uma das “consequências” de você começar a usar aparelho dentário, são as alterações na fala e no modo como você pronuncia determinadas palavras. Queremos que saiba que isso é perfeitamente normal, afinal existe agora um objecto estranho em sua boca que não facilita o modo como você fala. No aparelho dentário removível, essas dificuldades são mais evidentes, nos outros aparelhos, apesar de tudo os pacientes experimentam dificuldades, mas menos intensas.
Assim, é importante que você saiba que em poucas semanas você conseguirá adaptar a sua fala à presença do aparelho. É de realçar que quem usa aparelho removível deve manter o aparelho, embora no início isso cause frustração, importante fazer um esforço e não retirar o aparelho. Pessoas que por exemplo com um mês de utilização desse aparelho ainda denotam dificuldades da fala, evidenciam que retiraram o aparelho demasiadas vezes.

Brackets partidos ou outros danos no aparelho

Um problema comum quando se coloca aparelho estético por exemplo é que um bracket quebre devido à pressão exercida, ou porque você o danificou sem querer. É frequente também que um ou outro bracket se solte por não ter ficado bem colado ao dente. Saiba como proceder nesses casos, ou se por exemplo, o seu aparelho se danificar de outra forma.
Se você tiver algum desses problemas, a solução simples e recomendada é que marque de imediato uma consulta no seu ortodontista de forma a que ele possa corrigir qualquer dano que tenha surgido no seu aparelho. Não tente aplicar consertos domésticos, pois poderá danificar ainda mais o aparelho. Esse é um dispositivo sensível que apenas deve ser manuseado pelo seu ortodontista. Não é muito grave se ficar um ou dois dias com um bracket solto, ou um elástico quebrado. Não se stresse! Mas, vá ao dentista logo que possa.

Perda do aparelho removível ou do de contenção

Embora a maior parte das pessoas seja muito cuidadosa quando usa aparelho, pode por vezes suceder que você o perca. Claro que neste caso falamos das pessoas que usam aparelho removível, ou as que estão na fase final do tratamento usando o aparelho de contenção.
Pode parecer estranho mas acontece, basta por exemplo você retirar para escovar os dentes num local fora de casa e esquecer dele… Assim, nesses casos, o que tem de fazer é mesmo telefonar ao seu dentista logo que possível e pedir para que ele faça um aparelho de substituição. Como é óbvio você terá de suportar esses custos.

Manchas no aparelho estético ou descoloração do arco

Quem usa aparelho estético está sujeito a que os elásticos do aparelho mudem de cor no caso de ingerir alguns tipos de alimentos. Outro problema comum nos usuários desse aparelho é que o arco perca a cobertura de tinta branca (em regra causada por uma escovagem dos dentes muito forte).
Tanto os arcos que perdem a cor branca como os elásticos manchados, terão de ser substituídos sob pena do aparelho estético perder a sua função primordial que é manter-se “invisível”. Assim, marque uma consulta no ortodontista, na altura que achar adequada, pode por exemplo adiar essa “reparação” para o dia estipulado para a manutenção.
Naturalmente existem muitas mais complicações que podem surgir durante o uso de aparelho, mas, pensamos que estas são as mais frequentes.