sábado, 11 de fevereiro de 2012

Odontologia Estética "tenha um sorriso de novela"

Diariamente aumenta a procura pelo tratamento estético bucal restauradores. Com a utilização de resinas, porcelanas, ionômeros, selantes, entre outros materiais, o esteticista bucal consegue criar sorriso lindos e perfeitos. Essa é a técnica mas procurada para quem busca um sorriso iguais aos de novela, muito procurado por pessoas comunicativas que gostam de sorrir.
As técnicas usadas permitem a realização de tratamentos bem mais conservadores, reduzindo a necessidade de desgastes da estrutura dental sadia.
É importante dizer que na odontologia estética não se faz necessária a substituição de restaurações em amálgama (restauração cinza), por exemplo. O amálgama é até hoje um dos materiais mais utilizados em odontologia, devido as suas propriedades e seu custo reduzido.
As restaurações devem ser substituídas quando apresentarem fraturas, infiltrações, recidivas de cáries, insucessos no recondicionamento e polimento de restaurações antigas e por motivos estéticos e funcionais.

Com o avanço dos materiais adesivos que apresentam biocompatibilidade e estrutura dentária remanescente, é possível realizar restaurações em porcelana e resina; as quais envolvem o trabalho de protéticos. Essas restaurações recebem o nome de inlays, onlays, facetas estéticas ou laminados em porcelana. Já as diretas em resina são confeccionadas pelo dentista no consultório. Essas restaurações são coladas ao dente por meio dos adesivos dentinários.
O número de alterações congênitas, manchas, traumatismos, restaurações inadequadas podem criar problemas de ordem estética que afetam a condição psicoemocional do paciente.
As principais indicações para realização dos tratamentos estéticos compreendem alterações na face vestibular (parte de fora) dos dentes anteriores, manchas por fluorose, escurecimento por tetraciclina, má formação, dentes conoides  mau posicionamento no arco diastemas, restaurações amplas, escurecimento por razões endodônticas (canal), perda de estrutura coronária por cárie ou traumatismo, tratamento das lesões de erosão, abrasão e atrição.
Os dentes escurecidos vitalizados e não vitalizados podem ser clareados pela técnica de clareamento dental. Outro problema que incomoda bastante os pacientes é a questão da sensibilidade dentinária na região do colo dos dentes. Já é possível minimizar esse sintoma e até mesmo eliminá-lo dependendo do caso.
É imprescindível que o paciente saiba o que pode ser feito por ele e pelos seus dentes. Quando ele procura tratamentos estéticos, traz consigo muita ansiedade e expectativas em relação aos resultados.
Na maioria das vezes essas expectativas são correspondidas de maneira bem satisfatória. A manutenção e longevidade de qualquer tratamento restaurador implicam em vários fatores, tais como: o diagnóstico correto, técnica e materiais utilizados, fatores intrínseco e extrínsecos dos materiais, hábitos alimentares e de higiene oral, tipo e quantidade de saliva, entre outros.
Os pacientes são mais conscientes quanto a importância dos bons hábitos e higiene oral. Não adianta realizar o tratamento se o paciente não conservá-lo adequadamente. É importantíssimo o número e a qualidade das escovações, uso do fio-dental diariamente, bochechos de flúor e anti-sépticos orais, escovação de língua e mucosas e auto-exame. Essas orientações são transmitidas com intuito de fazê-los adquirir esses hábitos rotineiramente.
Cada paciente apresenta características próprias e problemas bucais diferentes, o que demanda também, tratamentos e orientações específicas.